Loading...
HOME2018-10-12T03:08:05+00:00

Ability proceeds from a fusion of skills, knowledge, understanding and imagination, consolidated by experience.

MICHAEL KLARKE

O que é a Terapia Cognitivo Comportamental?

A terapia cognitivo comportamental, como a conhecemos, surgiu quando Aaron Beck, um psicanalista da Faculdade de Medicina da Universidade da Pensilvânia, tentou encontrar uma base empírica para os tratamentos psicanalíticos que estavam sendo usados ​​para depressão na época. Ao fazer isso, Beck não conseguiu encontrar uma base empírica para a psicanálise, mas descobriu que a cognição (e especificamente os pensamentos negativos) desempenhava um papel importante na depressão.

Esse papel cognitivo não se refletiu nos tratamentos contemporâneos da psicanálise nessa época. Após este achado, Beck desenvolveu a então chamada terapia cognitiva:

“Psicoterapia estruturada, de curto prazo, orientada para o presente para a depressão, direcionada para resolver problemas atuais e modificar o pensamento e o comportamento disfuncionais”.

A ideia básica por trás da Terapia Cognitivo Comportamental é que as pessoas com depressão têm um conjunto de crenças sobre si mesmas. Essas crenças fazem com que tenham automaticamente pensamentos negativos em resposta à adversidade, e esses pensamentos fazem com que eles recuem para dentro e se tornem ainda mais deprimidos.

Beck achava que isso contradizia o pensamento contemporâneo sobre depressão, pois achava que os tratamentos para a depressão na época se concentravam demais em experiências anteriores, e não nas crenças e experiências do dia-a-dia. Ao perceber a importância da cognição e do pensamento do dia-a-dia em depressão e sintomas depressivos, Beck revolucionou o tratamento da depressão.

Leia mais

Articles

DOLORE MAGNA ALIQUA. UT ENIM AD MINIM VENIAM, QUIS NOSTRUD EXERCITATION ULLAMCO LABORIS NISI UT ALIQUIP.

julho 2016

Ver todos

Ready to Talk?

DO YOU HAVE A BIG IDEA WE CAN HELP WITH?

Contact Us